Consoles
Buscar
Home » Gênero » Ação » Square fechará seu serviço de streaming de games no Japão
Square fechará seu serviço de streaming de games no Japão

Square fechará seu serviço de streaming de games no Japão

Publicada as 20:17h em 19 de junho de 2016


divein

Quando há pouco mais de seis anos o mundo foi apresentado ao OnLive, muitos encararam a novidade como um enorme devaneio. Um serviço que prometia entregar jogos por streaming parecia absurdo, algo que nunca funcionaria devido a latência e embora ainda hoje existam várias pessoas que duvidam da eficácia de tal modelo de distribuição, algumas empresas seguem apostando nele. A Sony talvez seja aquela que mais tem investido nesta área, com o serviço PlayStation Now expandindo (mesmo que lentamente) seu catálogo e área de cobertura, mas uma que decidiu abandonar o barco foi a Square Enix.

Anunciado em setembro do ano passado, o Dive In seria a tentativa da empresa de fornecer alguns dos seus principais títulos aos usuários japoneses de tablets e smartphones, fazendo com que a maior parte do processamento acontecesse nos servidores da companhia e assim um Final Fantasy XIII pudesse ser aproveitado num dispositivo Android ou iOS.

Porém, se no papel a ideia parecia muito boa, na prática ela parece ter sido incapaz de chamar a atenção de um bom número de jogadores e para a total surpresa de muita gente, os executivos da Square decidiram que não vale a pena continuar mantendo o serviço funcionando.

Para todos que estão esperando o serviço voltar, peço desculpas do fundo do meu coração,” diz um comunicado no site oficial. “Valer dizer que todos que compraram uma assinatura anual, independentemente do período restante, receberão um reembolso total de Square Enix Crysta.

Com isso o Dive In deverá deixar de existir no dia 15 de setembro, sendo mais um serviço de streaming que fracassou, mesmo num país onde a internet para dispositivos móveis é tão boa e onde os tablets e smartphones são tão usados para jogos. Mas o pior mesmo é que isso torna um pouco mais difícil a popularização de uma tecnologia que poderia facilitar muito o acesso ao games.

Mesmo não sendo o suficiente para decretar o fim do streaming de jogos, afinal estamos falando de um serviço que era restrito ao Japão, o fim do Dive In ajuda a reforçar a opinião daqueles que não acreditam neste tipo de distribuição, mas o que eu realmente gostaria de saber é porque a Sony continua tentando vender a ideia. Será que eles também se arrependeram de adquirir o Gaikai e agora só estão tentando recuperar um pouco do prejuízo, ou a empresa de fato está muito a frente do seu tempo?

Fonte: Ubergizmo e MeioBit.





Deixe seu comentário no Facebook


Tags do post: , , ,


Posts Relacionados


Não achou o que procurava ? Busque no Google



Poste um comentário

Você precisar estar logado para postar um comentário.



Comentários

    Buscar

    Bem vindos ao novo Gamespower.com.br | Produzido por M5 Agência Digital