Consoles
Buscar
Home » Gênero » Ação » Conheça as três principais novidades de The Sims 4
Conheça as três principais novidades de The Sims 4

Conheça as três principais novidades de The Sims 4

Publicada as 7:58h em 10 de setembro de 2014


Uma vida é pouquíssimo tempo para entender o que é o mundo, quem somos nós, qual o sentido da existência. Igualmente, uma vida (ainda sendo vivida) no novo “The Sims 4”, que chegou esta semana ao PC por valores a partir de R$ 99, é pouquíssimo tempo para concluir o que é o jogo, quem são os novos Sims e, principalmente, que nota o game merece em sua análise.

Mas algumas impressões do novo capítulo de simulação de vida da EA Maxis merecem ser compartilhadas. Aí vão elas.

1 – São tantas emoções

Algum livro de auto-ajuda provavelmente já mencionou que “nós, humanos, somos seres movidos pelas emoções”, da mesma forma que alguma banda de rock deve ter escrito algum verso dizendo que “entre razões e emoções, a saída é fazer valer a pena”. Talvez os produtores de “The Sims 4” tenham lido o tal livro ou escutado a tal música, talvez não. O fato é que as emoções transformaram completamente o simulador de vida da Maxis.

Ao invés da simples busca pela felicidade (cristal verde), ou da fuga da tristeza (cristal azul), Sims podem ficar inspirados, paqueradores,  tensos, animados, confiantes, e por aí em diante. E as emoções são fortemente impactadas pelos traços de personalidade dos Sims.

Vamos a um exemplo prático. Um dos traços da personalidade do meu Sim é a criatividade. Na prática, esse traço faz com que ele seja atacado por surtos de inspiração de forma muito mais frequente que outros Sims. Ele escuta uma música no rádio e fica “inspirado”.

As sugestões do jogo, que renderão pontos especiais ao personagem, é que ele vá usar a criatividade ou para preparar uma refeição deliciosa, mais eloborada do que ele poderia preparar num dia normal, ou que vá escrever um novo quadro de comédia (ele sonha em ser um comediante famoso).

Caso ele escolha preparar um salmão com crosta de ervas finas, ficará automaticamente “confiante”, e ganhará novas opções de ação e interação, como malhar com confiança (o que contribuirá para um corpo mais sarado em menos tempo) ou passar uma cantada ousada. Caso escolha escrever um novo quadro de comédia, poderá ficar mais perto daquela sonhada promoção, e impressionará o resto da comunidade  com suas piadas de alto nível.

E a razão? Bom, a casa está bem suja, cheia de louça espalhada, e a TV está quebrada. Ele poderia ter escolhido limpar e consertar tudo, evitando assim, em breve, ser afetado pela emoção “desconfortável”.

As possibilidades e consequências parecem não ter fim.

2 – Assobiando e chupando cana

A vida, seja ela a real ou a virtual, não tá mole pra ninguém, e muitas vezes é difícil fazer tudo que se deve, ou deseja, em dias tão curtos. É aí que “The Sims 4” dá um salto gigantesco na naturalidade, em relação a seus antecessores, graças à capacidade multi-tarefa dos Sims.

Um Sim chega em casa do trabalho, com fome, cansado, entediado e solitário. Parece muita coisa para resolver, mas em “The Sims 4” seu personagem pode simplesmente pegar um pedaço de pizza na cozinha, sentar no confortável sofá em frente à TV e assistir ao seu talk-show favorito, enquanto bate-papo com seu familiar sobre algo que só os Sims entendem. As barras de “fome”, “energia”, “social” e “diversão” sobem ao mesmo tempo.

O maior reflexo da característica fica nas interações. Uma mulher prepara uma refeição na bancada da cozinha, enquanto seu marido trabalha no computador, um filho faz lição de casa e o outro dança na frente do aparelho de som. Todos conversam entre si, igualzinho ao que poderia estar acontecendo na vida real.

Aplicando essa lógica a academias, danceterias, parques e afins, o mundo dos Sims fica, de fato, cada vez mais humano.

3 – Boa noite, vizinhança

Não demorou pra notar que muita gente passava pela porta da casa do meu Sim, muitos deles praticando caminhada, outros correndo. Alguns deles de outra vizinhança que não a minha.

Em “The Sims 4” é possível, pela primeira vez, viajar para outras vizinhanças. Isso amplia muito o leque de interações e faz com que vidas diferentes, de personagens diferentes, possam ser, de fato, cada vez mais diferentes. Afinal, de que adiantaria poder “escrever” sua própria história, no jogo, se os personagens coadjuvantes são sempre os mesmos?

E aquela história de ir pra estação de esqui às 11 da manhã de segunda feira, ficar por lá até às 11 da noite e, na volta para casa, descobrir que o tempo, milagrosamente, voltou para às 11 da manhã? Acabou.

O tempo corre pela vizinhança da mesma forma que correria em sua própria casa, esteja você aonde estiver. Caso mais de um Sim viva no seu lote, por exemplo, o jogo automatizará todas as ações deles nesse período, baseados, principalmente, nas suas necessidades, emoções e aspirações.

A nova característica é um balde de água fria naqueles jogadores que aproveitavam para desenvolver seus Sims, lendo livros ou praticando exercícios, numa linha paralela de tempo. Mas é mais um traço de realidade que chega ao jogo.

4 – Cuidado, pirata!

Ficou animado para experimentar você mesmo o “The Sims 4”, mas está com a grana em baixa e a malandragem em alta? Cuidado!

De acordo com o vizinho de um amigo do meu primo (e com vários relatos compartilhados por pessoas do mundo inteiro na internet), a EA Maxis se preparou como nunca para conter a pirataria do jogo. Qualquer cópia não registrada do jogo passa a funcionar com a tela completamente pixelizada, como se a censura de nudez do game fosse ampliada para o mundo todo.





Deixe seu comentário no Facebook


Tags do post: ,


Posts Relacionados


Não achou o que procurava ? Busque no Google



Poste um comentário

Você precisar estar logado para postar um comentário.



Comentários

    Buscar

    Bem vindos ao novo Gamespower.com.br | Produzido por M5 Agência Digital